Escassez e abundância

O que é abundante é banalizado. Tem valor o que é escasso. Então buscamos o ouro e negligenciamos a água. Quantos iguais a você há no planeta? Quanto há de ouro e água em você? Pode ver o quanto de você é escasso e o quanto é fartura? Pois que não se deixe banalizar, muito menos se banalize na sua abundância! Mas também não se feche para fazer-se difícil! Ofereça abundantemente o que no mundo é escasso. Quanto ao valor, reconhecerá quem também tiver o seu próprio. Valor vê valor. Indiferença não vê nada, porque a ingratidão não vê ouro nem água.

– Gutto Carrer Lima

Escassez e abundância

Comentários

SOBRE ESTE BLOG:

Este é um espaço destinado às frases, crônicas, poemas e historinhas que não entraram no livro e a novos textos do autor. Escolha o tema pelo Marcador:

Postagens mais visitadas deste blog

A que propósito atende DesapEGO - O Livro?

Dor: o princípio da Vida

Não é depressão, é desilusão

SIGA ESTE BLOG POR E-MAIL: