Cada um dá o que tem

O mundo é vivo. Bem ou mal, ele é dinâmico e está em constante movimento. Vivemos a era do despertar para a vida, mudando valores, acordando para o que realmente importa e esteja em harmonia com nossa essência. Mas até que ponto vale a pena este "despertar" quando ele enclausura na alienação? – Para despertar eu não preciso viver como morto, à parte de tudo o que acontece e de todos. O desperto colaborará para limpar a sujeira sem sujar-se ou fugir de fazer a sua parte. Cada um pode dar ao mundo aquilo que tem, o que sabe e o que faz de melhor.

– Gutto Carrer Lima





|  FRASES  |  CRÔNICAS  |  HISTORINHAS  |  POEMAS  |  MÚSICAS  | POESIA |  FILMES  |  






Comentários

SOBRE ESTE BLOG:

Este é um espaço destinado às frases, crônicas, poemas e historinhas que não entraram no livro e a novos textos do autor. Escolha o tema pelo Marcador:

Postagens mais visitadas deste blog

A que propósito atende DesapEGO - O Livro?

Dor: o princípio da Vida

Não é depressão, é desilusão

SIGA ESTE BLOG POR E-MAIL: