Venda e Arte

Vender é uma habilidade de troca. Se eu lhe digo "Bom dia!" e você me diz "Para você também!", eu lhe vendi o meu desejo em troca da sua reciprocidade. Se eu lhe ofereço a minha arte e você a compra, está retribuindo com a sua confiança, a oferta de que esta arte será útil para você. O dinheiro é mero instrumento que pode ou não estar envolvido numa troca, e visa subsidiar o custo e atribuir simbolicamente uma recompensa. O verdadeiro valor, no entanto, estará no que a arte somará à sua vida. E isto, você só poderá saber depois de conhecê-la. A honestidade do artista está no valor que atribui ao seu próprio trabalho, não apenas depois de tê-lo concluído, mas principalmente, enquanto o fazia.


Este é um espaço destinado às frases, crônicas e historinhas que não entraram no livro e a novos textos do autor. Escolha um tema pelo "Marcador".

FRASES  |  CRÔNICAS  |  HISTORINHAS  |  POEMAS  |  MÚSICAS  | POESIA |  ERRATAS

Copyright © 2017 Desapego



Comentários

SOBRE ESTE BLOG:

Este é um espaço destinado às frases, crônicas, poemas e historinhas que não entraram no livro e a novos textos do autor. Escolha o tema pelo Marcador:

Postagens mais visitadas deste blog

Amor por nossos amigos materiais

A que propósito atende DesapEGO - O Livro?

Buscar ou esperar o encontro?

SIGA ESTE BLOG POR E-MAIL: